A Promessa da Rosa - Babi A. Sette



Título: A Promessa da Rosa
Série: Flores da Temporada  1
Autora: Babi A. Sette
Ano: 2015
Páginas: 432
Editora: Novo Século

Onde Encontrar

Sinopse:
Século XIX: Status, vestidos pomposos, carruagens, bailes… Kathelyn Stanwell, a irresistível filha de um conde, seria a debutante perfeita, exceto pelo fato de que ela detesta a nobreza; é corajosa, idealista e geniosa. Nutre o sonho de ser livre para escolher o próprio destino, dentre eles inclui o de não casar-se cedo. No entanto, em um baile de máscaras, um homem intrigante entra em cena… Arthur Harold é bonito, rico e obstinado.
Supondo, por sua aparência, que ele não pertence ao seu mundo, à impulsiva Kathelyn o convida a entrar no jardim – passeio proibido para jovens damas. Nunca mais se veriam, ela estava segura disso. Entretanto, ele é: o nono duque de Belmont, alguém bem diferente do homem que idealizava, só que, de um instante a outro, o que parecia a aventura de uma noite, se transforma em uma paixão sem limites.
Porém, a traição causada pela inveja e uma sucessão de mal-entendidos dão origem ao ciúme e muitas reviravoltas. Kathelyn será desafiada, não mais pelas regras sociais ou pelo direito de trilhar o próprio caminho, e sim, pela a única coisa capaz de vencer até mesmo a sua força de vontade e enorme teimosia: o seu coração.

 
Resenha:
O que gostei no livro: por ser nacional; por ser histórico, que é o gênero. que mais gosto. 
O que não gostei: achei muitas semelhanças com os livros da Judith McNaught; por dar muitas voltas em torno de uma situação que não precisava de tanta atenção.
O enredo é bom, a personagem Kathelyn tem muito das personagens Whitney e Victória, que são protagonistas de dois livros da Judith, Whitney, meu Amor e Agora e Sempre, respectivamente. O mesmo se pode afirmar sobre o personagem Arthur que também tem muito dos protagonistas dos livros já citados.
Tirando esses detalhes, o livro não é ruim, tem um enredo bom, apesar de apresentar situações semelhantes nos livros citados. Mas também achei o livro um pouco denso em alguns momentos, ficando preso em uma determinada situação, dando voltas e mais voltas, dando a impressão que é só pra preencher paginas.
Para quem é fã de histórico e conhece os livros da Judith McNaught, quando ler esse livro vai perceber as semelhanças entre as historias. 
O livro é bem escrito, a escritora é brasileira, e a história se passa em Londres, no Século XIX.










 
Participe da Resenha Premiada! 







37 comentários:

  1. Oi, Sophia!
    Gosto de romances históricos, mas fico um pouco inquieta com as voltas e voltas em cima de um mesmo ponto... então acho que pelo o que você contou na resenha, A Promessa da Rosa não é um livro para mim =/ Mas é muito legal saber que tem muito autor nacional por aí e escrevendo romance histórico :3
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi!
      Esse foi o único da autora que li, mas das leitoras que conheço e que leram outros livros dela, dizem que os outros são bem melhores. Espero poder ler outro me breve e tirar essa impressão ruim que fiquei!
      bj

      Excluir
  2. Olá!
    Sou super suspeita para falar, A promessa da rosa foi um dos meus favoritos de 2015. Me apaixonei por Kathelyn e Arthur.
    Pena que a leitura não tenho lhe agradado tanto.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Sou apaixonada por históricos, mas esse em particular trás muitas referencias de outros livros que li! Por isso não gostei!
      Bj

      Excluir
  3. Olá!
    Comecei a ler esse livro no mês passado mas não fui muito longe, a narrativa é boa, mas logo no incio já senti que a autora dar umas voltas rs' mas mesmo assim pretendo ler esse romance, sempre leio ótimos comentários sobre a obra que estou curiosa. Ainda não li nada da Judith mas pretendo mudar isso em breve!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tahis!
      Quando ler Judith, vai lembrar dessa resenha! rsrsrsr
      Especialmente os livros Agora e Sempre e Para Whitney com Amor.
      Bj

      Excluir
  4. Olá Sophia!
    Amo romances históricos e já li Entre o amor e o silêncio da autora e amei! A Promessa da Rosa já está na minha lista, mas não imaginava que o enredo lembrasse o da Judith (já li um livro dela também e gostei muito). Assim que tiver uma oportunidade, lerei o mais rápido possível. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalita!
      Quando ler Judith, vai lembrar da minha resenha!
      rsrsrsr
      Bj

      Excluir
  5. Li o primeiro livro da Babi e não gostei muito, por isso não tenho muita curiosidade de conferir outro. Esse não vou mesmo querer ler, principalmente por dar essa impressão de ficar dando voltas e mais voltas para ter mais páginas, não gosto quando um livro me dá essa sensação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ju!
      É muito ruim quando um autor super comentado não nos agrada! Eu vou dar mais uma chance a autora, pois quem leu mais de um livro dela, garante que os demais são muito bons!
      Bj

      Excluir
  6. Oiii Sophia, como vai?
    Menina eu tenho tanta vontade de ler algum livro dessa autora, só imagino como de ser linda essa editora, sua resenha despertou muito minha atenção, conseguiu me conquistar hein.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana!
      Espero que leia sim que goste muito da escrita da autora. Esse não me agradou muito, mas pretendo ler outros!
      Bj

      Excluir
  7. Que bela surpresa de saber que é nacional e é romance de época (também é meu gênero favorito <3). Não sabia que seria parecido com os livros da Judith que já ouvi falar mas nunca li. Espero ainda esse ano ler esse livro e adorei a resenha.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Espero que leia esse ano e que venha comentar aqui o que achou!
      Bj

      Excluir
  8. Sophia, gosto muito de romance de época, mas acho que históricos eu li quase nada.
    Acho que a leitura deve ser muito boa por ser um gênero bem gostoso de se ler.
    Quero muito ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Deborah! Eu amo os dois, e como já li muito sou bem crítica nas minhas resenhas desse gênero!
      Bj

      Excluir
  9. Olá tudo bem???
    Gostei da sua resenha, confesso que nunca li nenhum romance histórico, mas tenho curiosidade de ler, e quem sabe leio esse livro, já vi muitas resenhas falando super bem dele e ainda mais é de autora nacional
    Beijus
    www.bibliotecaempoeirada.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Leia que vai gostar. Históricos/época são meu gênero favorito!
      Bj

      Excluir
  10. Olá Sofphia Merkauth adorei seus posts lindo, adoro romances assim que puder quero ler o seu. Boa sorte e grata por me seguir. Muito sucesso e prosperidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luzia!
      Seja bem vinda ao Blog e que bom que compartilhamos algo em comum, amor pelos romances! Bj

      Excluir
  11. Olá Sophia, adoro romances e ainda não li nenhum histórico, mas gostei da sua resenha crítica e sincera sobre o livro, não conheço as autoras mas depois de lermos tanto sempre achamos algo semelhante nos livros. A capa desse livro é linda também.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Eu nunca li um romance histórico, pois acredito não ser a minha praia. Claro que não posso confirmar isso, pois nunca li nenhum.
    Não conhecia esse livro, mas achei a capa linda. A resenha foi muito bem feita, parabéns!
    Beijos,
    Escritora por um Acaso

    ResponderExcluir
  13. Eu morro de vontade de ler esse livro, acho a história incrível e a capa belíssima. sei que vou gostar quando eu tomar vergonha na cara e comprar o livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Gosto muito de romances de época. Conheço o trabalho da autora e sei que ela é ótima. Sua resenha está muito boa, mas não sei pq, esse livro não me chamou muito a atenção.
    Quem sabe leio no futuro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Ola
    Li muitos quando era jovem, mas sabe quando a gente enjoa? Foi o que aconteceu. Agora sempre fico com aquela impressão que já li aquela história antes, e antes, livro após livro sempre a mesma história. Triste.
    Talvez no futuro volte a ler o gênero, mas por enquanto não.

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    O fato de ser uma obra nacional de um gênero que gosto bastante me chama bastante a atenção.
    Porém, o fato de ficar dando muitas voltas em torno de uma situação que talvez não necessitasse de tamanha atenção me incomoda um pouco e, por isso, acredito que irei deixar a dica passar.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá! Gostei da sua resenha e pelo que você contou, já li um livro que tem muitas semelhanças com esse, o baile, a visita ao jardim, O homem diferente... Curto romances históricos, mas não gosto de historias que parecem ficar enchendo linguiça. Um abraço

    ResponderExcluir
  18. Com tantos romances por aí, acabamos mesmo nos esbarrando em semelhanças. Como não li nada da Judith McNaught, não teria com o que comparar e, talvez, a experiência fosse melhor. A capa é bem bonita e gostei de conhecer uma autora brasileira que escreve romances históricos. Tomara que os outros livros sejam mais originais, torço para que goste.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  19. Oii!
    Só a capa desse livro já me apaixonou toda! Um romance histórico nacional ainda, tá mais que anotado..! Adorei sua resenha, fiquei muito animada - e como não conheço a autora que você citou, espero um prato cheio nessa leitura :D
    Beijos, Isa
    belacultblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Olá! Já li diversas resenhas positivas dessa obra, amo romances históricos e ainda sendo nacional, fica difícil de resistir. Mas sua resenha me convenceu e vou atrás desse livro para ler e poder apreciar um bom romance.

    ResponderExcluir
  21. Quero muito ler esse livro por conta de todos os comentários positivos que recebo sobre ele. Amo romances de época e tenho certeza de que vou amar. Uma pena que você o leu comparando aos da outra autora. Acredito que por mais influência que a Babi tenha tido, ela tenha escrito a história dela, acredito que cada história é única, afinal cada um tem sua visão e sua maneira de escrever. Mas, essas coisas acontecem.
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  22. Hello! Tudo bem?
    Eu gostei demais do livro A promessa da rosa, dei 5 estrelas e favoritei!
    Achei a escrita da Babi uma delicia para ler e a capa é uma das mais lindas que eu tenho.
    Achei que a historia teve um desenvolvimento bom, nao vi essa enrolação nao.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  23. Oie, que pena essas semelhanças com os livros da judith, mas eu os acho fofos então provavelmente vou gostar no a promessa da rosa. Gosto de livros densos também, então pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  24. Oie Sophia...
    A Babi é simplesmente demais não é mesmo?
    Eu assim como você amo romance de época e minha nossa... essa série é simplesmente perfeita!
    Adorei a sua resenha...

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu estou morrendo de vontade de ler os livros da Babi. Não conheço essa outra autora que você citou então não saberia reconhecer as semelhanças.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  26. Adorei a capa e a premissa desse livro, demais! Sua resenha ficou ótima, muito boa!

    ResponderExcluir
  27. Adoro romances de época, mas esse eu ainda não conhecia. Vou o procurar saber mais sobre ele e sobre a autora.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo seu comentário! Ele é importante para nós!

COLECIONANDO ROMANCES. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR SOFISTICADO DESIGN.