Quando uma música... conta uma história!

Olá Colecionadores!
Resolvi trazer uma postagem diferente. Muitas músicas, nas entrelinhas, contam uma história ou, pelo menos, se baseiam em um fato real, para sua composição. As vezes, essas histórias são be evidentes, mas em algumas situações, não tão evidentes assim. 
Acredito que muitos conhecem a banda Foster the People, uma banda de indie rock de Los Angeles, Califórnia. A música do grupo, descrita como pop-dance infundido melódico e rock, abrange vários gêneros.



Foi a canção "Pumped Up Kicks", que se tornou um sucesso viral em 2010, que fez com que o grupo assinasse com a Columbia Records. Após lançar seu álbum de estréia Torches, em maio de 2011, o primeiro single "Pumped Up Kicks" tornou-se um sucesso nas rádios.



Mas você sabe como a canção  "Pumped Up Kicks" foi composta?
No dia 20 de abril de 1999, em Columbine, no Colorado, houve um massacre na escola Columbine High School, que ficou conhecido como Massacre de Columbine.  Além dos disparos, o complexo e altamente planejado ataque envolveu o uso de bombas para dificultar os bombeiros, tanques de propano convertidos em bombas colocadas no refeitório, 99 dispositivos explosivos, e carros-bomba. Os autores, os estudantes seniores Eric Harris e Dylan Klebold, mataram 12 alunos e um professor. Além disso, feriram outras 21 pessoas, e três outras ficaram feridas enquanto tentavam escapar da escola. A dupla cometeu suicídio. (fonte Wikipedia)

A canção "Pumped Up Kicks" foi inspirada no massacre. Abaixo, você confere a letra e tradução da música, que a principio não fazem muito sentido, se você não conhece a história do massacre. 



Pumped Up Kicks               

Robert's got a quick hand
He'll look around the room, he won't tell you his plan
He's got a rolled cigarette
Hanging out his mouth he's a cowboy kid
Yeah he found a six shooter gun
In his dad's closet hidden in a box of fun things
And I don't even know what
But he's coming for you, yeah he's coming for you


All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, outrun my gun
All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, faster than my bullet


Daddy works a long day
He be coming home late, and he's coming home late
And he's bringing me a surprise
'Cause dinner's in the kitchen and it's packed in ice
I've waited for a long time
Yeah the sleight of my hand is now a quick pull trigger
I reason with my cigarette
Then say your hair's on fire, you must have lost your wits, yeah


All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, outrun my gun
All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, faster than my bullet


[Whistling]


All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, outrun my gun
All the other kids with the pumped up kicks
You'd better run, better run, faster than my bullet 

Sapatos caros
Robert tem uma mão ágil
Ele dá uma olhada no lugar e não conta seus planos
Ele tem um cigarro enroladinho
No canto da boca, ele é um cowboy
É, ele encontrou uma espingarda
No armário do seu pai, escondida numa caixa de coisas estranhas
E não sei nem o que aconteceu
Mas ele virá atrás de você, é, ele virá atrás de você

Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha arma
Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha bala


Papai trabalha o dia todo
E chega tarde em casa de novo, é, chega tarde em casa
E me traz uma surpresa
Pois o jantar está na cozinha e embrulhado em gelo
Eu esperei muito tempo
É, a agilidade da minha mão agora puxa gatilhos
Eu discuto com o meu cigarro
E digo que o seu cabelo está com tudo, você deve ter perdido o juízo

Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha arma
Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha bala


[Assobio]

Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha arma
Todas as outras crianças com sapatos caros
É melhor vocês correrem, correrem mais rápido que a minha bala
(fonte: Vagalume)

Assista ao documentário Tiros em Columbine (2002),  produzido por Michael Moore, que debate a política armamentista da sociedade americana tendo como gancho o massacre. O longa conquistou o Oscar de Melhor Documentário, em 2003.




Bem, é isso! Gostaram do post? Sabe de alguma outra musica que conta uma história?





34 comentários:

  1. Olá. Não conhecia a música e nem a banda (sim sou alienada) mas só de conhecer um pouco mais da história por trás da canção me fez ir la escutar e acabar gostando. Parabéns pelo post. Diferente e bem legal. Curiosa para saber de outras músicas, até quem sabe uma nacional. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado! E tem sim nacional, em breve postarei! Obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  2. Oie!
    Eu ainda não conhecia essa banda assim como a música, e depois de ler a letra e saber mais da história, fiquei triste. Que letra mais impactante.... Gostei de saber mais dessa história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, fico feliz em saber! Obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  3. Oii!
    Não conhecia nem a música nem a banda antes, e fiquei horrorizada com a história... :(
    Beijos, Isa
    belacultblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa! Apesar do horror é um fato! O documentário é muito bom, recomendo!Obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  4. Oi, já conhecia a banda mas não é meu estilo musical, mas o mais importante,adorei esse tipo de Post. Diferente e interessante, ótima ideia. Aguardando novas postagens nesse gênero.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Helyssa! Em breve postarei mais, com certeza! Obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  5. Oiii, tudo bem?
    Confesso que realmente eu não conhecia essa banda e fiquei encantada com as músicas e as letras, vou pesquisar mais sobre.
    Beijinhos linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  6. Gostei dessa ideia de mostrar as músicas com histórias nas entrelinhas, não conheço nenhuma das que citou, mas já percebi em muitas que ouço uma história envolvida, não é a toa que muitos autores se baseiam em músicas nos seus enredos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, neste post citei apenas uma musica, que foi o estopim para a carreira da banda. Fico feliz que tenha gostado e obrigada por comentar!
      Bj

      Excluir
  7. Olá,
    Desconhecia a banda a banda e como essa canção havia sido escrita.
    Fiquei bem chocada com a descoberta, mas pretendo procurar outras músicas para conhecer melhor a banda!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele, fico feliz que tenha gostado! Obrigada por comentar! bj

      Excluir
  8. Olá! Parabéns pelo post! Lembro desse atentado, lembro que fiquei muito chocada com tudo. E essa música realmente me tocou. Infelizmente esse tipo de coisa ainda acontece por lá...espero que um dia mude. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Suzana! Obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  9. Olá!
    Eu já conhecia a banda exatamente por essa música que você citou e por toda essa história do massacre de Columbine, mas infelizmente não é o meu estilo de música, então nem consigo aproveitar muito.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já conhecia, fico feliz! Obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  10. Oi Sophia, eu não conhecia a música, na verdade, nem a banda, mas lembro do massacre. Uma pena que fatos assim aconteçam, bem que a m´sica poderia servir de inspiração para que não aconteçam mais estes massacres.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Rosa e que bom conhece o massacre. Obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  11. Olá, gostei do post, apesar de não conhecer nem a banda nem a música. Conheço algumas músicas que contam uma história e adoraria ver mais por aqui. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Gleyse! Obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  12. Geeeente, que coisa! Adoro Foster The People e não fazia ideeeeia dessa relação com o Massacre de Columbine. O.O Bizarro!
    Bj
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já conhece a banda e a musica! Obrigada por comentar! bj

      Excluir
  13. Oi Sophia!
    Poxa, adoro a banda e essa música, mas não conhecia esse lado por trás da música!! Adorei acompanhar a canção sabendo de tudo isso. Lembro bem do massacre de Columbine e agora, toda vez que ouvir a musica, vou saber a história dela!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, fico feliz que tenha gostado e que já conhecia a banda! Obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  14. Essa música realmente é impactante. O fato de ela ser baseada em uma história real, um massacre, fez dela uma das minhas prediletas. Também amo músicas que contam uma história pois me faz viajar.
    Essa banda realmente é muito boa, amo muito!
    Beijooos
    literaturanews.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tenha gostado! obrigada por comentar! bj

      Excluir
  15. Oi Sophia, tudo bem?
    Gostei bastante desse tipo de postagem, é legal saber quais os fatos reais se escondem por trás de algumas letras de música e gostei de saber que essa faz parte do Massacre Columbine. A banda é muito boa!
    Parabéns pela postagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post Anna! Obrigada por comentar e elogiar o post! bj

      Excluir
  16. Sophia, nunca parei para pensar muito de onde surgem as composições.
    Eu não conhecia nem a banda e nem a música, mas gostei muito do seu post por ter explicado de onde veio a ideia da composição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Deborah! obrigada por comentar! Bj

      Excluir
  17. Olá, eu adoro essa música, conhecia a letra, mas não sabia ao quê ela se referia na verdade...esse tipo de massacre era bem ocorrente nos EUA na época, retratados em diversos meios, o próprio livro "Precisamos falar sobre o Kevin' também faz referência a esses massacres.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Raquel, esse livro é muito interessante abordando esse assunto. Que bom que conhece e obrigada por comentar! Bj

      Excluir

Muito obrigada pelo seu comentário! Ele é importante para nós!

COLECIONANDO ROMANCES. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR SOFISTICADO DESIGN.